Elias Lima, motoboy, faz das ruas e avenidas de Contagem o seu sustento

Ele vem de uma família tradicional de Contagem, que precisa muito das vias e do transporte público, e participa do Mobilidade Cidadã porque acha importante colaborar para a cidade ter menos acidentes e infrações de trânsito.

A família de Elias Lima é do bairro Jardim Industrial, ou seja, eles têm uma forte e longa história com a cidade. Cidade que o Elias corta e recorta “centenas de vezes”, todos os dias da semana. “Minha rotina diária: eu trabalho oito horas por dia com a moto”.

O trabalho sobre as duas rodas faz Elias sentir de perto a pulsação do trânsito. “É complexo, principalmente nos horários de pico, mas as vias públicas estão melhores e não tem mais tanto buraco como antigamente”, relata o participante do Programa Mobilidade Cidadã.

Elias indica um ponto que, na visão dele, é negativo no trânsito de Contagem por causar forte retenção: a trincheira. “No horário de pico ou se acontece algum acidente na BR vindo pra cá, o trânsito fica todo parado”, diz, acrescentando que perto do Itaú Power Shopping o trânsito também agarra e ele vê que o problema é “difícil de ser solucionado”.

Uma área exclusiva para moto nos semáforos é a sugestão do Elias para que o pessoal das duas rodas possa circular com mais tranquilidade: “Ali nós poderemos parar sem prejudicar os demais motoristas”, argumenta.

Tendo optado por trabalhar no trânsito, enfrentando um dia a dia cheio de surpresas, Elias espera um futuro com mais paz nas ruas. “Eu gostaria de um trânsito mais seguro, com menos violência. Um trânsito onde meus filhos possam andar com mais segurança e sem tanto engarrafamento. Um trânsito mais rápido, mais ágil”, deseja o motoboy.

Elias quis dar sua opinião no Mobilidade Cidadã porque sabe que seu trabalho permite a ele dar uma contribuição qualificada. “Eu acho essa iniciativa muito boa porque vai ajudar a nós que usamos o trânsito diariamente. E não tem coisa melhor do que ouvir quem está todo dia ali trabalhando, precisando disso, precisando da via pública”. Foi assim que ele decidiu participar do programa, fazendo seu cadastro a partir de uma ligação que recebeu da equipe de mobilização da Transcon.

Assim como o Elias, ciclistas, motoristas, motociclistas, pedestres e usuários do transporte público estão sendo convidados, por meio de uma equipe de mobilização telefônica, para participar de forma voluntária do programa que pretende conhecer a percepção dos cidadãos e buscar soluções para um trânsito mais humano e seguro. Você também pode dar a sua opinião! Ligue para (31) 3329-3390. Os nossos atendentes farão seu cadastro e irão informar como são feitas as consultas telefônicas.

Saiba mais e acompanhe os resultados do programa Mobilidade Cidadã, no site http://transcon.contagem.mg.gov.br. A Transcon agradece a sua participação!

Gosta deste artigo?

Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Compartilhar

Deixe um comentário